Enfermeiros param por 72 horas em hospitais privados do Piauí

Eles alegam falta de diálogo das empresas para uma negociação

Por Redação do Portal AZ,

Após tentativas de negociação por parte do Sindicato dos Enfermeiros, Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do Piauí (SENATEPI) e a total falta de diálogo dos gestores dos hospitais e clínicas particulares foi decidido pela categoria  em Assembleia Geral Extraordinária que haverá  paralisação das atividades por 72h a partir de hoje, segunda-feira (01), às 7h, nas seguintes unidades de saúde: 

- Hospital Unimed 
- Hospital Itacor
- Hospital São Paulo  
- HTI - Hospital de Terapia Intensiva

Foto: ReproduçãoO movimento de sábado garantiu a greve para abril no setor de enfermagem da Unimed
Manifestação de profissionais do setor de enfermagem da Unimed

As instituições citadas não estão cumprindo com o Termo Aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho 2022/2024 assinado no dia 23/11/2023. Além disso, realizaram cortes de 50% nos salários dos funcionários e ainda existem denúncias de assédio moral no ambiente de trabalho.

Por meio de ofício, o SENATEPI comunicou todas as instituições de saúde envolvidas, o Ministério Público do Piauí e a população em geral dos serviços que deixaram de ser ofertados no período de paralisação. 

Os atendimentos nos seguintes setores irão funcionar desta forma: 

UTI : 100%
Urgência e Emergência: 50%
Demais setores: 30%
Paralisação total nos setores eletivos e com demanda programada

Fonte: SENATEPI

Comente

Pequisar