Transnordestina inicia investigações em ponte depois de acidente com jovens

Empresa afirmou que local é de uso exclusivo ferroviário

A Ferrovia Transnordestina Logística (FTL) divulgou nesta terça-feira (24) uma nota a respeito do acidente que deixou três adolescentes feridas no município de Castelo do Piauí. A empresa lamentou o fato, mas afirmou que o local é de uso exclusivo ferroviário, e não para circulação de pessoas.

O acidente com as jovens aconteceu no último domingo (22), quando elas e mais um grupo de amigos passeavam por uma ponte ferroviária para tirar fotos. A suspeita é que, em determinado momento, três meninas se apoiaram sobre uma estrutura da ponte conhecida como “orelha”, quando desmoronou e elas caíram de uma altura de aproximadamente 20 metros. O caso esta sendo investigado.

Ontem, a delegacia de Castelo do Piauí notificou a Transnordestina sobre o acidente. Segundo o delegado Francírio Queiroz, responsável pelas investigações, a ferrovia é de responsabilidade da empresa, que deve fazer uma perícia no local ainda esta semana.

Delegado Francírio Queiroz (Foto: Cidades em Foco)
Delegado Francírio Queiroz (Foto: Cidades em Foco)

Através da nota, a empresa afirmou que as investigações para apurar as causas do acidente já foram iniciadas. As informações colhidas pela Transnordestina devem ser repassadas para o delegado Francírio Queiroz, que dará continuidade no caso.

Porém, um levantamento prévio já foi feito pela delegacia local. De acordo com Francírio Queiroz, foi constatado que caiu uma parte da estrutura da ponte, mas a princípio o caso será investigado como acidente. “Fomos ao local e vimos que uma parte da estrutura da ponte caiu. Nós acionamos a Transnordestina para analisar a estrutura e apresentar um parecer técnico, que será incluso nas investigações”, detalhou.

Confira a nota da Transnordestina:

A Ferrovia Transnordestina Logística lamenta o acidente ocorrido em Castelo do Piauí com a queda de três jovens de um recuo localizado em uma ponte ferroviária. A ponte é de uso exclusivamente ferroviário e a circulação de pessoas não autorizadas é proibida no local. A empresa iniciou uma investigação para apurar as causas do acidente.

Estado de saúde das jovens

As três jovens caíram de uma altura de aproximadamente 20 metros. Por baixo da ponte passa o rio Cais, que separa os municípios de Castelo do Piauí e Buriti dos Montes. Valéria Alves Ferreira, de 22 anos e F.L.L de 15 anos caíram em um parte de matagal, com lama. As duas tiveram fraturas expostas nas pernas e passaram por cirurgia de urgência ainda na noite do domingo. Segundo o HUT o quadro das jovens é estável. Elas estão conscientes e orientadas.  

Foto: Divulgação Polícia Militar
Foto: Divulgação Polícia Militar

Já a jovem de 16 anos, identificada com as iniciais M.G.R.R., caiu próximo ao rio e teve uma fratura no tornozelo esquerdo. Ela passou por uma cirurgia nesta segunda-feira (23) e apresentou um quadro estável. Segundo o HUT ela deve retornar para Castelo do Piauí ainda hoje.