Wellington Dias se mostra aberto a diálogo com João Vicente Claudino

Governador mantém desejo de contar com a força do PTB para a disputa proporcional

O governador Wellington Dias (PT) confirmou o PTB na briga por espaço na chapa majoritária governista. A cúpula petebista decidiu pela indicação da deputada estadual Janaína à disputada vaga de vice-governador no bloco, nome que agradou o chefe do executivo estadual: “é um nome destacado e muito importante”.

Governador do Estado do Piauí, Wellington Dias (Foto: Divulgação)
Governador do Estado do Piauí, Wellington Dias (Foto: Divulgação)

“O PTB apresentou proposta, quanto partido, reivindicou vaga na chapa majoritária e a partir de agora vamos tratar com o PTB, mas, junto e somado também com a posição dos demais partidos”, declarou Dias em entrevista concedida na tarde desta quinta-feira (17), durante inauguração da Estação de Tratamento de Água (ETA) Norte, no bairro Santa Maria da Codipi.

A ideia é colocar Janaína como vice, mas ainda de acordo com o governador não há imposição por parte do PTB, ou seja, Wellington está livre para escolher outro integrante da legenda. “O partido colocou ao governador a liberdade de, como coordenador, escolher qualquer um dos nomes”.

Se depender de boa parte da cúpula petebista a estratégia majoritária não mudará: é apoio total à reeleição de Wellington e com Janaína como vice, mas para isso terão de continuar trabalhando para convencer o ex-senador João Vicente (principal liderança do PTB em nível de estado).

JVC ainda não tirou da cabeça a ideia de partir para a oposição a fim de disputar o Governo do Estado. Ele espera o resultado de pesquisa de intenção de voto encomendada para bater o martelo sobre o assunto. O ex-senador, aliás, conta com o apoio de 10 siglas emergentes.

Caso decida mesmo contrariar o partido e trilhar outro caminho JVC poderia colocar por terra o projeto majoritário petebista. Especula-se que Dias gostaria de contar com a força política do ex-senador para reforçar palanque em busca da reeleição e, em troca, colocaria um petebista na vaga de vice.“Isso nós vamos tratar no conjunto, com os partidos. Os partidos levam em conta alternativas que tenham maior aceitação, vamos dizer assim, interna e com o povo”, despistou o governador.

Ele ainda garantiu estar aberto para um diálogo com João Vicente. “Quem me conhece sabe que eu sou a favor do diálogo, ele é meu colega de chapa. Sempre aberto ao diálogo e ao entendimento; sou muito grato ao PTB e vamos sim considerar as posições que ele considerou”, acrescentou.

Mais lidas nesse momento