1. Editorias
  2. Polícia
  3. Hospital de Urgência de Teresina diz que estudante baleado não teve morte encefálica
Publicidade

Hospital de Urgência de Teresina diz que estudante baleado não teve morte encefálica

Gabriel Brenno passou por exames e apresentou atividade cerebral

O Hospital de Urgência de Teresina (HUT) informou na tarde desta sexta-feira (19) que o estudante Gabriel Brenno Nogueira da Silva Oliveira, de 21 anos, não teve morte encefálica e segue internado. Ele passou por exames que comprovaram atividade cerebral. 

Em nota, a unidade de saúde divulgou ainda que o protocolo de morte encefálica de Gabriel Brenno foi concluído e o paciente continuará recebendo assistência médica necessária para o seu quadro de saúde.

Gabriel Brenno (Foto: reprodução/Facebook)

O Hospital de Urgência de Teresina havia aberto protocolo para identificar se Gabriel Brenno havia tido morte encefálica. A informação foi passada ao Portal AZ pela assessoria de comunicação da unidade de saúde.

O protocolo é composto por três exames: dois clínicos e um de imagem, “que devem ser realizados no prazo mínimo de 24 horas após sua abertura”, segundo a unidade de saúde. O hospital ressaltou que a abertura do procedimento não indica que o jovem teve “uma confirmação do quadro de ME (morte encefálica)”.

O jovem continua internado na Unidade de Terapia Intensiva e respira com a ajuda de aparelhos.

Confira a nota do HUT na íntegra:

O HUT comunica que o Protocolo de Morte Encefálica do paciente Gabriel Brenno Nogueira da Silva Oliveira, 21 anos, foi concluído e que o mesmo ainda apresentou atividade elétrica cerebral. Portanto, não foi constatado morte cerebral. Gabriel continuará recebendo toda assistência necessária diante do seu quadro de saúde.

Entenda o caso

Gabriel Brenno Nogueira da Silva Oliveira, de 21 anos foi atingido por um tiro de arma de fogo na Rua Paissandu, no Centro de Teresina. O crime aconteceu nesta quarta-feira (17).

De acordo com informações passadas pela polícia, o jovem estava indo a um curso preparatório quando foi surpreendido por dois indivíduos que estavam em um carro modelo Onix, de cor cinza.

A vítima foi socorrida por uma viatura do Serviço Móvel de Urgência e levada, em estado grave para o Hospital de Urgência de Teresina. O estudante foi alvejado por um tiro na nuca.

Matérias relacionadas

Estudante é baleado com tiro na nuca; suspeito está foragido

Estudante baleado passa por cirurgia e segue em estado grave no HUT

Médicos abrem protocolo de morte encefálica de estudante baleado no Centro

 

O Hospital de Urgência de Teresina (HUT) informou na tarde desta sexta-feira (19) que o estudante Gabriel Brenno Nogueira da Silva Oliveira, de 21 anos, não teve morte encefálica e segue internado. Ele passou por exames que comprovaram atividade cerebral. 

Em nota, a unidade de saúde divulgou ainda que o protocolo de morte encefálica de Gabriel Brenno foi concluído e o paciente continuará recebendo assistência médica necessária para o seu quadro de saúde.

Gabriel Brenno (Foto: reprodução/Facebook)

O Hospital de Urgência de Teresina havia aberto protocolo para identificar se Gabriel Brenno havia tido morte encefálica. A informação foi passada ao Portal AZ pela assessoria de comunicação da unidade de saúde.

O protocolo é composto por três exames: dois clínicos e um de imagem, “que devem ser realizados no prazo mínimo de 24 horas após sua abertura”, segundo a unidade de saúde. O hospital ressaltou que a abertura do procedimento não indica que o jovem teve “uma confirmação do quadro de ME (morte encefálica)”.

O jovem continua internado na Unidade de Terapia Intensiva e respira com a ajuda de aparelhos.

Confira a nota do HUT na íntegra:

O HUT comunica que o Protocolo de Morte Encefálica do paciente Gabriel Brenno Nogueira da Silva Oliveira, 21 anos, foi concluído e que o mesmo ainda apresentou atividade elétrica cerebral. Portanto, não foi constatado morte cerebral. Gabriel continuará recebendo toda assistência necessária diante do seu quadro de saúde.

Entenda o caso

Gabriel Brenno Nogueira da Silva Oliveira, de 21 anos foi atingido por um tiro de arma de fogo na Rua Paissandu, no Centro de Teresina. O crime aconteceu nesta quarta-feira (17).

De acordo com informações passadas pela polícia, o jovem estava indo a um curso preparatório quando foi surpreendido por dois indivíduos que estavam em um carro modelo Onix, de cor cinza.

A vítima foi socorrida por uma viatura do Serviço Móvel de Urgência e levada, em estado grave para o Hospital de Urgência de Teresina. O estudante foi alvejado por um tiro na nuca.

Matérias relacionadas

Estudante é baleado com tiro na nuca; suspeito está foragido

Estudante baleado passa por cirurgia e segue em estado grave no HUT

Médicos abrem protocolo de morte encefálica de estudante baleado no Centro