1. Editorias
  2. Saúde
  3. Mais uma etapa de vacinação contra o sarampo inicia nesta segunda-feira
Publicidade

Mais uma etapa de vacinação contra o sarampo inicia nesta segunda-feira

Vacina será destina a jovens adultos com faixa etária entre 20 e 29 anos

A partir desta segunda-feira (18), inicia em todo o país segunda etapa da campanha de vacinação contra o sarampo. Desta vez, o foco está na atualização da caderneta de vacina dos jovens entre 20 e 29 anos. Em Teresina, todas as 104 salas de vacina do município estarão abastecidas para atender esta faixa da população.


Faixa etária de jovens adultos merece atenção especial (Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil)

Segundo Amariles Borba, diretora de Vigilância em Saúde da Fundação Municipal de Saúde (FMS), os jovens entre 20 e 29 anos merece especial atenção por ser a faixa etária mais acometida pela doença. Nos últimos 90 dias de surto ativo, foram confirmados 1.729 casos em pessoas de 20 a 29 anos. 

“Você jovem, por favor, verifique o seu cartão e veja se você tem uma ou duas doses da vacina. Se não tem nenhuma, você precisa começar a fazer esquema, com uma dose agora e a segunda daqui a um mês”, explica a diretora.


Primeira etapa da vacinação foi destinada a crianças (Foto: divulgação / FMS)

Segundo o Calendário Nacional de Imunização, eles devem tomar duas doses da vacina tríplice viral, que além do sarampo protege contra caxumba e rubéola. Segundo o Ministério da Saúde, a meta é vacinar 9,4 milhões de adultos jovens em todo país.

A Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo começou em outubro com sua primeira fase, em que foram imunizadas crianças de seis meses até cinco anos.

Em Teresina

Para intensificar as ações de imunização, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) está se reunindo com instituições de ensino públicas e privadas para traçar estratégias de imunização dos estudantes que estejam dentro do público alvo. 

A ideia é montar postos de vacinação nesses locais, de acordo com a demanda e respeitando as especificidades de cada local.

A doença

Sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando a pessoa infectada tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina. 

Casos no Piauí

O primeiro caso de sarampo no Piauí, ocorrido neste ano foi registrado no município de Campo Grande do Piauí, na região Sudeste do estado. Trata-se de caso importado de doença, uma vez que a paciente, um bebê de um ano de idade foi infectado pelo vírus durante a sua estadia no estado de São Paulo. 

O segundo caso, também importado de sarampo foi registrado em Teresina. Um empresário, com mais de 50 anos de idade teria sido infectado pelo vírus também em São Paulo. Outros casos foram registrados em Alagoinha do Piauí e Lagoa de São Francisco, as duas pessoas também chegaram com sintomas depois de visitas a São Paulo.

O Piauí já é considerado pelo Ministério da Saúde como um dos 16 estados em surto ativo de sarampo. O dado consta em boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde. 

O caso mais recente ainda está sendo investigado. De acordo com a Secretária Municipal de Saúde (Sesapi), este tem origem interna. O caso apurado é de um bebê de nove meses, residente do município do Lagoa do Sítio. No total, já são 12 casos suspeitos de sarampo no Piauí. 

Ainda houve novos registros de óbitos em decorrência da doença.
 

Com informações de FMS

A partir desta segunda-feira (18), inicia em todo o país segunda etapa da campanha de vacinação contra o sarampo. Desta vez, o foco está na atualização da caderneta de vacina dos jovens entre 20 e 29 anos. Em Teresina, todas as 104 salas de vacina do município estarão abastecidas para atender esta faixa da população.


Faixa etária de jovens adultos merece atenção especial (Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil)

Segundo Amariles Borba, diretora de Vigilância em Saúde da Fundação Municipal de Saúde (FMS), os jovens entre 20 e 29 anos merece especial atenção por ser a faixa etária mais acometida pela doença. Nos últimos 90 dias de surto ativo, foram confirmados 1.729 casos em pessoas de 20 a 29 anos. 

“Você jovem, por favor, verifique o seu cartão e veja se você tem uma ou duas doses da vacina. Se não tem nenhuma, você precisa começar a fazer esquema, com uma dose agora e a segunda daqui a um mês”, explica a diretora.


Primeira etapa da vacinação foi destinada a crianças (Foto: divulgação / FMS)

Segundo o Calendário Nacional de Imunização, eles devem tomar duas doses da vacina tríplice viral, que além do sarampo protege contra caxumba e rubéola. Segundo o Ministério da Saúde, a meta é vacinar 9,4 milhões de adultos jovens em todo país.

A Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo começou em outubro com sua primeira fase, em que foram imunizadas crianças de seis meses até cinco anos.

Em Teresina

Para intensificar as ações de imunização, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) está se reunindo com instituições de ensino públicas e privadas para traçar estratégias de imunização dos estudantes que estejam dentro do público alvo. 

A ideia é montar postos de vacinação nesses locais, de acordo com a demanda e respeitando as especificidades de cada local.

A doença

Sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando a pessoa infectada tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina. 

Casos no Piauí

O primeiro caso de sarampo no Piauí, ocorrido neste ano foi registrado no município de Campo Grande do Piauí, na região Sudeste do estado. Trata-se de caso importado de doença, uma vez que a paciente, um bebê de um ano de idade foi infectado pelo vírus durante a sua estadia no estado de São Paulo. 

O segundo caso, também importado de sarampo foi registrado em Teresina. Um empresário, com mais de 50 anos de idade teria sido infectado pelo vírus também em São Paulo. Outros casos foram registrados em Alagoinha do Piauí e Lagoa de São Francisco, as duas pessoas também chegaram com sintomas depois de visitas a São Paulo.

O Piauí já é considerado pelo Ministério da Saúde como um dos 16 estados em surto ativo de sarampo. O dado consta em boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde. 

O caso mais recente ainda está sendo investigado. De acordo com a Secretária Municipal de Saúde (Sesapi), este tem origem interna. O caso apurado é de um bebê de nove meses, residente do município do Lagoa do Sítio. No total, já são 12 casos suspeitos de sarampo no Piauí. 

Ainda houve novos registros de óbitos em decorrência da doença.
 

Com informações de FMS