1. Editorias
  2. Entretenimento
  3. Piauiense Lorena Dayse fica em segundo lugar no MasterChef
Publicidade

Piauiense Lorena Dayse fica em segundo lugar no MasterChef

O paulista Rodrigo venceu a competição e faturou o prêmio de R$ 250 mil

(Atualizada às 23h03)

A piauiense Lorena Dayse ficou em segundo lugar no ‘MasterChef Amadores’. A final do reality foi ao ar na noite, deste domingo (25), na TV Bandeirantes.  O paulista Rodrigo venceu a competição por unanimidade dos jurados e faturou o prêmio de R$ 250 mil. 

Lorena Dayse no reality 'MasterChef Amadores' (Foto: divulgação / TV Band)

Para impressionar os jurados Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin, os cozinheiros tiveram que preparar um cardápio completo com entrada, prato principal e sobremesa. O objetivo era que os pratos representassem a história dos finalistas e suas preferências.

De entrada, Lorena cozinhou um ravióli de vinho branco recheado com caranguejo e emulsão de bacuri. No prato principal foi um carneiro ao leite de coco e baião de dois de feijão verde e de sobremesa ela serviu crumble de mel com pólen, sorvete de coco e abacaxi na cachaça com chantilly de mel.

Patrick Martin, diretor técnico da Le Cordon Bleu, e Lorena Dayse (Foto: Carlos Reinis/Band)

Lorena será premiada com R$ 1 mil por mês, durante um ano, para fazer compras com o cartão Carrefour. A piauiense também ganhou uma bolsa de estudos na unidade da Le Cordon Bleu em Ottawa, no Canadá, podendo escolher entre o curso de técnicas tradicionais da gastronomia ou de pâtisserie.

Rodrigo e Lorena fizeram menu completo para os jurados (Foto: Carlos Reinis/Band)

Ao longo de toda competição, Lorena venceu diversas provas e era apontada como uma das favoritas no reality. Os pratos que Lorena preparou na final foram bastante elogiados pelos jurados. 

Sonho realizado 

Lorena é enfermeira e também apaixonada por culinária. Em entrevista ao portal da Band, a piauiense falou que participar do ‘MasterChef’ foi uma realização de um sonho.

"Chegar à final do MasterChef é um sonho que eu, na verdade, não tinha sonhado. Acho que eu nunca sonhei porque eu sempre achei que seria algo impossível para mim, mas tive muita dedicação, muita luta, muita força e muito apoio familiar. Isso fez com que eu chegasse até aqui", disse.

(Atualizada às 23h03)

A piauiense Lorena Dayse ficou em segundo lugar no ‘MasterChef Amadores’. A final do reality foi ao ar na noite, deste domingo (25), na TV Bandeirantes.  O paulista Rodrigo venceu a competição por unanimidade dos jurados e faturou o prêmio de R$ 250 mil. 

Lorena Dayse no reality 'MasterChef Amadores' (Foto: divulgação / TV Band)

Para impressionar os jurados Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin, os cozinheiros tiveram que preparar um cardápio completo com entrada, prato principal e sobremesa. O objetivo era que os pratos representassem a história dos finalistas e suas preferências.

De entrada, Lorena cozinhou um ravióli de vinho branco recheado com caranguejo e emulsão de bacuri. No prato principal foi um carneiro ao leite de coco e baião de dois de feijão verde e de sobremesa ela serviu crumble de mel com pólen, sorvete de coco e abacaxi na cachaça com chantilly de mel.

Patrick Martin, diretor técnico da Le Cordon Bleu, e Lorena Dayse (Foto: Carlos Reinis/Band)

Lorena será premiada com R$ 1 mil por mês, durante um ano, para fazer compras com o cartão Carrefour. A piauiense também ganhou uma bolsa de estudos na unidade da Le Cordon Bleu em Ottawa, no Canadá, podendo escolher entre o curso de técnicas tradicionais da gastronomia ou de pâtisserie.

Rodrigo e Lorena fizeram menu completo para os jurados (Foto: Carlos Reinis/Band)

Ao longo de toda competição, Lorena venceu diversas provas e era apontada como uma das favoritas no reality. Os pratos que Lorena preparou na final foram bastante elogiados pelos jurados. 

Sonho realizado 

Lorena é enfermeira e também apaixonada por culinária. Em entrevista ao portal da Band, a piauiense falou que participar do ‘MasterChef’ foi uma realização de um sonho.

"Chegar à final do MasterChef é um sonho que eu, na verdade, não tinha sonhado. Acho que eu nunca sonhei porque eu sempre achei que seria algo impossível para mim, mas tive muita dedicação, muita luta, muita força e muito apoio familiar. Isso fez com que eu chegasse até aqui", disse.