1. Editorias
  2. Meio Ambiente
  3. Semar convoca reunião para discutir manchas de óleo no litoral piauiense
Publicidade

Semar convoca reunião para discutir manchas de óleo no litoral piauiense

Órgãos analisam possibilidade de interdição das áreas afetadas no estado

O Núcleo de Emergências Ambientais da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semar) se reunirá com a  Capitania dos Portos para tratar sobre as manchas de óleo no litoral, nesta segunda-feira (14), a partir das 14h, em Parnaíba. 

Semar convoca reunião para discutir manchas de óleo no litoral piauiense (Foto: Divulgação)

Desde a última quinta-feira (10), o escritório regional da Semar de Parnaíba juntamente com a Gerência de Fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí (Semar) iniciaram o trabalho de monitoramento das ocorrências de manchas de óleo no litoral. 

A Secretaria já georeferenciou as manchas ao longo de toda a extensão do litoral do estado. O estudo será apresentado aos demais órgãos, afim de que em conjunto se elabore um plano de ação adequado. A partir desse mapeamento será possível avaliar a dimensão do impacto dessa substância no litoral.

Manchas encontradas em praias do Piauí (Foto: divulgação) 

“Após o georreferenciamento iremos tomar as medidas cabíveis sobre coleta e a destinação correta desse resíduo, avaliando, a necessidade ou não de interdição de alguma área para garantir a balneabilidade das praias e a fixação de placas restritivas”, afirma o Gerente de Fiscalização da Semar, Renato Nogueira.

As manchas de óleo que já foram encontradas em diversos estados da região nordeste também foram vistas, de forma pontual, nas praias Pedra do Sal, Peito de Moça, Arrombado e Cajueiro da Praia.

Matérias relacionadas:

Manchas de óleo atingem praia no piauí e equipe de inspeção naval analisa danos ambientais

Polícia Federal investoga orogem de manchas de óleo encontradas em praias do Nordeste

Manchas de óleo atingem mais de cinco praias no Piauí; equipes analisam danos ambentais

Governo investiga navios que podem ser origem do óleo que atinguiu praias do Piauí

Bolsonaro acredita que óleo encontrado em praias do Nordeste foi despejado criminosamente

Praias atingidas por manchas de óleo podem ser interditadas no Piauí

*Com informações da Ascom

O Núcleo de Emergências Ambientais da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semar) se reunirá com a  Capitania dos Portos para tratar sobre as manchas de óleo no litoral, nesta segunda-feira (14), a partir das 14h, em Parnaíba. 

Semar convoca reunião para discutir manchas de óleo no litoral piauiense (Foto: Divulgação)

Desde a última quinta-feira (10), o escritório regional da Semar de Parnaíba juntamente com a Gerência de Fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí (Semar) iniciaram o trabalho de monitoramento das ocorrências de manchas de óleo no litoral. 

A Secretaria já georeferenciou as manchas ao longo de toda a extensão do litoral do estado. O estudo será apresentado aos demais órgãos, afim de que em conjunto se elabore um plano de ação adequado. A partir desse mapeamento será possível avaliar a dimensão do impacto dessa substância no litoral.

Manchas encontradas em praias do Piauí (Foto: divulgação) 

“Após o georreferenciamento iremos tomar as medidas cabíveis sobre coleta e a destinação correta desse resíduo, avaliando, a necessidade ou não de interdição de alguma área para garantir a balneabilidade das praias e a fixação de placas restritivas”, afirma o Gerente de Fiscalização da Semar, Renato Nogueira.

As manchas de óleo que já foram encontradas em diversos estados da região nordeste também foram vistas, de forma pontual, nas praias Pedra do Sal, Peito de Moça, Arrombado e Cajueiro da Praia.

Matérias relacionadas:

Manchas de óleo atingem praia no piauí e equipe de inspeção naval analisa danos ambientais

Polícia Federal investoga orogem de manchas de óleo encontradas em praias do Nordeste

Manchas de óleo atingem mais de cinco praias no Piauí; equipes analisam danos ambentais

Governo investiga navios que podem ser origem do óleo que atinguiu praias do Piauí

Bolsonaro acredita que óleo encontrado em praias do Nordeste foi despejado criminosamente

Praias atingidas por manchas de óleo podem ser interditadas no Piauí

*Com informações da Ascom