Identificada no Mato Grosso, JN 2.5 é a primeira subvariante ômicron no Brasil

Quatro pacientes testam positivo, sendo um caso fatal; Secretaria de Saúde pede calma à população

Por Carlos Sousa,

A Secretaria de Saúde de Mato Grosso anunciou a identificação da subvariante da covid-19, denominada JN 2.5, sendo o primeiro registro dessa cepa no Brasil. A descoberta ocorreu por meio de sequenciamento realizado pelo laboratório central do estado durante uma pesquisa entre os dias 16 e 18 de janeiro.

Foto: Agencia BrasilSubvariante Ômicron

De acordo com a nota divulgada pela secretaria, quatro pacientes do sexo feminino testaram positivo para a nova subvariante e foram hospitalizadas. Três delas receberam alta médica, encontram-se estáveis e seguem em isolamento domiciliar sob a vigilância municipal. No entanto, a quarta paciente, portadora de doença pulmonar obstrutiva crônica, faleceu. A causa exata da morte está sendo investigada pela equipe de vigilância da SES, e ainda não é possível afirmar se foi decorrente da covid-19.

O governo do estado pede à população que evite pânico e mantenha-se em alerta para sintomas gripais. Recomendações incluem o uso de máscara em caso de gripe ou resfriado, higienização regular das mãos com sabão ou álcool 70%, e a importância da vacinação contra a doença.

Além do Brasil, a subvariante JN 2.5 já foi identificada em diversos países, como Canadá, França, Polônia, Espanha, Estados Unidos, Suécia e Reino Unido. O monitoramento atento e as medidas de precaução são essenciais diante da evolução do cenário epidemiológico global.

Fonte: Agência Brasil

Comente

Pequisar