1. Editorias
  2. Geral
  3. ADAPI confirma segundo foco de peste suína em município do Piauí
Publicidade

ADAPI confirma segundo foco de peste suína em município do Piauí

Segundo a GEASE, quinze animais foram sacrificados

A ADAPI confirmou por meio de nota técnica o segundo caso de peste suína no Piauí. O foco foi encontrado no município de Lagoa do Piauí, a 38km de Teresina, próxima ao local onde foi encontrado o primeiro foco na última semana. 

“A ADAPI, através do GEASE (Grupo Especial de Atenção às Enfermidades Emergenciais ou Exóticas) vem informar a confirmação do segundo foco de peste suína clássica (PSC) também no município de Lagoa do Piauí – PI. O segundo foco foi identificado em uma propriedade na mesma região. O laudo positivo foi recebido pelo grupo GEASE no final da tarde de sexta-feira (12/04/2019)”


(Foto: ilustrativa)

O primeiro caso de peste suína diagnosticado no Piauí aconteceu no município de Lagoa do Piauí, a 42 km de Teresina. A doença foi confirmada em uma propriedade que tinha 13 animais, onde destes, sete morreram e os demais apresentavam sintomas da doença.

A GEASE informou ainda que no sábado (13), quinze suínos criados de forma extensiva na propriedade foram sacrificados pela equipe responsável. 

O Piauí é o segundo estado no Nordeste a apresentar a doença. O primeiro foi o Ceará que teve 44 focos. Todos os animais com suspeita da peste foram sacrificados como medida preventiva

Confira a nota na íntegra:

A ADAPI, através do GEASE (Grupo Especial de Atenção às Enfermidades Emergenciais ou Exóticas) vem informar a confirmação do segundo foco de peste suína clássica (PSC) também no município de Lagoa do Piauí – PI. 

O segundo foco foi identificado em uma propriedade na mesma região. O laudo positivo foi recebido pelo grupo GEASE no final da tarde de sexta-feira (12/04/2019). 

O grupo GESASE informa que, na data de hoje, 13/04/2019, 15 (quinze) suínos criados de forma extensiva, da propriedade, foram sacrificados pela equipe responsável, seguindo-se rigorosamente a legislação federal, ou seja, a Instrução Normativa Nº 27, de 20 de abril de 2004, do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento.

Matérias relacionadas:

Adapi toma medidas para erradicar peste suína no Piauí

Ministério confirma foco de peste suína em fazenda no interior do Piauí

Conselho se manifesta sobre foco de peste suína no Piauí e ressalta descaso nos órgãos agropecuários

Pernambuco fortalece fiscalização em fronteira por causa de foco de peste suína no Piauí

Adapi esclarece que há apenas um caso de peste suína registrado no Piauí
 

A ADAPI confirmou por meio de nota técnica o segundo caso de peste suína no Piauí. O foco foi encontrado no município de Lagoa do Piauí, a 38km de Teresina, próxima ao local onde foi encontrado o primeiro foco na última semana. 

“A ADAPI, através do GEASE (Grupo Especial de Atenção às Enfermidades Emergenciais ou Exóticas) vem informar a confirmação do segundo foco de peste suína clássica (PSC) também no município de Lagoa do Piauí – PI. O segundo foco foi identificado em uma propriedade na mesma região. O laudo positivo foi recebido pelo grupo GEASE no final da tarde de sexta-feira (12/04/2019)”


(Foto: ilustrativa)

O primeiro caso de peste suína diagnosticado no Piauí aconteceu no município de Lagoa do Piauí, a 42 km de Teresina. A doença foi confirmada em uma propriedade que tinha 13 animais, onde destes, sete morreram e os demais apresentavam sintomas da doença.

A GEASE informou ainda que no sábado (13), quinze suínos criados de forma extensiva na propriedade foram sacrificados pela equipe responsável. 

O Piauí é o segundo estado no Nordeste a apresentar a doença. O primeiro foi o Ceará que teve 44 focos. Todos os animais com suspeita da peste foram sacrificados como medida preventiva

Confira a nota na íntegra:

A ADAPI, através do GEASE (Grupo Especial de Atenção às Enfermidades Emergenciais ou Exóticas) vem informar a confirmação do segundo foco de peste suína clássica (PSC) também no município de Lagoa do Piauí – PI. 

O segundo foco foi identificado em uma propriedade na mesma região. O laudo positivo foi recebido pelo grupo GEASE no final da tarde de sexta-feira (12/04/2019). 

O grupo GESASE informa que, na data de hoje, 13/04/2019, 15 (quinze) suínos criados de forma extensiva, da propriedade, foram sacrificados pela equipe responsável, seguindo-se rigorosamente a legislação federal, ou seja, a Instrução Normativa Nº 27, de 20 de abril de 2004, do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento.

Matérias relacionadas:

Adapi toma medidas para erradicar peste suína no Piauí

Ministério confirma foco de peste suína em fazenda no interior do Piauí

Conselho se manifesta sobre foco de peste suína no Piauí e ressalta descaso nos órgãos agropecuários

Pernambuco fortalece fiscalização em fronteira por causa de foco de peste suína no Piauí

Adapi esclarece que há apenas um caso de peste suína registrado no Piauí