1. Editorias
  2. AZ nas Eleições
  3. Major Elizete defende escolas "mais atrativas" ao criticar maioridade penal
Publicidade

Major Elizete defende escolas "mais atrativas" ao criticar maioridade penal

A candidata a deputada federal pelo Solidariedade tratou desses e outros assuntos no AZ nas Eleições desta quarta-feira (19)

Mesmo garantindo não ter escolhido em que presidenciável votará, a candidata a deputada federal Major Elizete (pelo Solidariedade-PI) diz simpatizar com muito do que Jair Bolsonaro (PSL) defende. Assim como o polêmico presidenciável, a candidata é a favor da redução da maioridade penal e defende também o investimento em escolas mais "atrativas aos estudantes", além da reformulação geral da Lei Penal e Processual Penal.

Major Elizete Lima durante o AZ nas Eleições de hoje (Foto: Marcelo Gomes/Portal AZ)

Elizete adota o ditado: “errou tem que cumprir”, independentemente da idade, por isso ela promete, se eleita, propor a redução da maioridade penal, mas com a aplicação da pena de acordo com a periculosidade do menor infrator. “Quem é que com 16 anos não sabe o que está fazendo, com a internet?”, indagou.

Como policial militar há 20 anos, a oposicionista fala em apoiar a classe pleiteando a contratação, por meio de concurso público, de um maior efetivo. 

“É necessário um efetivo maior para garantir a segurança ou, pelo menos, dar uma maior sensação de segurança”, afirma Elizete. “Sou defensora de concursos públicos constantes e não só na PM não, mas na Polícia Civil, nos Bombeiros e na Educação”, acrescenta.

Arimatéia Azevedo entrevista a candidada a deputada federal Major Elizete (Foto: Marcelo Gomes/Portal AZ)

Elizete acrescentou que, além da redução da maioridade penal, há a necessidade da reformulação geral da Lei Penal e Processual Penal, a qual chamou da “obsoleta”. “Temos que deixar de ser hipócritas e aceitar que parte da nossa legislação está obsoleta. A gente tem que assumir que algumas coisas temos que reformular”, criticou ela. 

Ao tratar sobre educação e das propostas que Dr. Pessoa, candidato ao governo pelo Solidariedade, tem para a área, a major disse que defende um “governo que vai priorizar a prevenção [contra drogas] dentro da sala de aula”. "As escolas têm de ser mais atrativas e os professores melhores remunerados", completou. 

Assista à entrevista completa no vídeo abaixo:

Mesmo garantindo não ter escolhido em que presidenciável votará, a candidata a deputada federal Major Elizete (pelo Solidariedade-PI) diz simpatizar com muito do que Jair Bolsonaro (PSL) defende. Assim como o polêmico presidenciável, a candidata é a favor da redução da maioridade penal e defende também o investimento em escolas mais "atrativas aos estudantes", além da reformulação geral da Lei Penal e Processual Penal.

Major Elizete Lima durante o AZ nas Eleições de hoje (Foto: Marcelo Gomes/Portal AZ)

Elizete adota o ditado: “errou tem que cumprir”, independentemente da idade, por isso ela promete, se eleita, propor a redução da maioridade penal, mas com a aplicação da pena de acordo com a periculosidade do menor infrator. “Quem é que com 16 anos não sabe o que está fazendo, com a internet?”, indagou.

Como policial militar há 20 anos, a oposicionista fala em apoiar a classe pleiteando a contratação, por meio de concurso público, de um maior efetivo. 

“É necessário um efetivo maior para garantir a segurança ou, pelo menos, dar uma maior sensação de segurança”, afirma Elizete. “Sou defensora de concursos públicos constantes e não só na PM não, mas na Polícia Civil, nos Bombeiros e na Educação”, acrescenta.

Arimatéia Azevedo entrevista a candidada a deputada federal Major Elizete (Foto: Marcelo Gomes/Portal AZ)

Elizete acrescentou que, além da redução da maioridade penal, há a necessidade da reformulação geral da Lei Penal e Processual Penal, a qual chamou da “obsoleta”. “Temos que deixar de ser hipócritas e aceitar que parte da nossa legislação está obsoleta. A gente tem que assumir que algumas coisas temos que reformular”, criticou ela. 

Ao tratar sobre educação e das propostas que Dr. Pessoa, candidato ao governo pelo Solidariedade, tem para a área, a major disse que defende um “governo que vai priorizar a prevenção [contra drogas] dentro da sala de aula”. "As escolas têm de ser mais atrativas e os professores melhores remunerados", completou. 

Assista à entrevista completa no vídeo abaixo: