1. Editorias
  2. AZ nas Eleições
  3. Piauiense é destaque no Fantástico por viralizar com jingle "O homem disparou" usado por diversos candidatos
Publicidade

Piauiense é destaque no Fantástico por viralizar com jingle "O homem disparou" usado por diversos candidatos

Música, uma das mais tocadas nessa eleição em todo Brasil, teve o clipe gravado na região da Serra dos Matões

O piauiense César Araújo, 26 anos, natural da cidade de Pedro II, é o criador do Jingle “O homem disparou”, que foi reproduzido em várias cidades e utilizados por candidatos dos mais diversos partidos. Com o sucesso musical, ele foi destaque neste domingo (29), no “Fantástico”, programa da Rede Globo.

Piauiense do jingle "O homem disparou” é destaque no Fantástico (Foto:Reprodução TV Globo)

A música, uma das mais tocadas nessa eleição em todo Brasil, teve o clipe gravado na região da Serra dos Matões, em parceria com a Banda Vilões do Forró e Karkará, e já conta com quase 4 milhões de visualizações no YouTube.

“Sem pretensão nenhuma eu criei o maior bordão dessa política. Em momento algum eu citei ninguém e a música ficou universal”, disse o músico, que é reconhecido por tocar o famoso "piseiro", estilo musical que faz sucesso no interior do estado. 

O jingle que viralizou virou o preferido dos candidatos e logo apareceram outros políticos querendo a mesma música.

O jingle que viralizou virou o preferido dos candidatos (Foto:Reprodução TV Globo)

“Aí botava o número do candidato, o bordão, falava o nome da cidade e assim a gente terminou fazendo para mais de duzentas cidades. Se o candidato fosse da oposição a gente já falava em mudança e se for da situação a gente colocava que o trabalho ia continuar”, explica César.

O cantor ainda explicou que durante as eleições acordava às 6h e ia dormir por volta de meia-noite gravando os jingles. “Cheguei a ficar rouco”, disse.

O valor do jingle adaptado para cada candidato era entre mil e dois mil reais. “Procuramos pegar parte dessa renda que conseguimos nas eleições e investir em nossa carreira”, disse César. 

A parodia foi inspirada na música do cantor e compositor João Silveira do Forró Perfeito, que lançou “Menina pavorô”. O cantor autorizou César a usar a música.

Confira a reportagem completa aqui

O piauiense César Araújo, 26 anos, natural da cidade de Pedro II, é o criador do Jingle “O homem disparou”, que foi reproduzido em várias cidades e utilizados por candidatos dos mais diversos partidos. Com o sucesso musical, ele foi destaque neste domingo (29), no “Fantástico”, programa da Rede Globo.

Piauiense do jingle "O homem disparou” é destaque no Fantástico (Foto:Reprodução TV Globo)

A música, uma das mais tocadas nessa eleição em todo Brasil, teve o clipe gravado na região da Serra dos Matões, em parceria com a Banda Vilões do Forró e Karkará, e já conta com quase 4 milhões de visualizações no YouTube.

“Sem pretensão nenhuma eu criei o maior bordão dessa política. Em momento algum eu citei ninguém e a música ficou universal”, disse o músico, que é reconhecido por tocar o famoso "piseiro", estilo musical que faz sucesso no interior do estado. 

O jingle que viralizou virou o preferido dos candidatos e logo apareceram outros políticos querendo a mesma música.

O jingle que viralizou virou o preferido dos candidatos (Foto:Reprodução TV Globo)

“Aí botava o número do candidato, o bordão, falava o nome da cidade e assim a gente terminou fazendo para mais de duzentas cidades. Se o candidato fosse da oposição a gente já falava em mudança e se for da situação a gente colocava que o trabalho ia continuar”, explica César.

O cantor ainda explicou que durante as eleições acordava às 6h e ia dormir por volta de meia-noite gravando os jingles. “Cheguei a ficar rouco”, disse.

O valor do jingle adaptado para cada candidato era entre mil e dois mil reais. “Procuramos pegar parte dessa renda que conseguimos nas eleições e investir em nossa carreira”, disse César. 

A parodia foi inspirada na música do cantor e compositor João Silveira do Forró Perfeito, que lançou “Menina pavorô”. O cantor autorizou César a usar a música.

Confira a reportagem completa aqui