1. Colunas
  2. Arimatéia Azevedo
  3. A vacina de 2023
Publicidade

A vacina de 2023

A pandemia da covid-19 apresentou fragilidade antes desconhecida do Brasil, no que diz respeito à alta dependência de insumos importados da China para a fabricação de vacinas, e o sucateamento de laboratórios e fábricas existentes para produzir imunizantes no país. Na década de 80, o Brasil tinha cinco institutos altamente capazes de produzir vacinas, mas, atualmente, há somente dois, Bio-Manguinhos, da Fiocruz, e o Instituto Butantan, de São Paulo. Entretanto, das 17 vacinas distribuídas por esses dois institutos, apenas quatro são fabricadas totalmente no Brasil e não dependem da importação da matéria-prima para produzir imunizantes. O hilário – para não dizer trágico – em tudo isso é que esse sucateamento do setor de vacinas para humanos contrasta com os elevados investimentos na fabricação nacional de imunizantes para animais, principalmente o gado. E veja o contraste: o Brasil importa a maioria das vacinas usadas pelo SUS, entretanto, mais de 90 por cento das vacinas para gado são produzidas aqui mesmo no país. Existem 30 fábricas para vacina veterinária, mercado que ajuda a manter a liderança mundial do Brasil na exportação de gado. Então, diante deste triste quadro, se levarmos em conta que o país precisará de 350 milhões de unidades para vacinar os adultos acima de 16 anos, a partir do final de 2022 toda esta conta precisará ser refeita, porque, como dizem os infectologistas, sendo vírus, a anualidade da imunização é algo com o que o brasileiro já se acostumou. Ocorre que, se não houver planejamento e ação imediata para as vacinas futuras, em pouco tempo pode haver recidivas terríveis da doença, e todo o drama do ano passado e o que se vive no momento, se voltam como tormenta dos anos seguintes.


Ministra Rosa Weber, do STF, determina que o Piauí reative os leitos de UTI que eram pagos pelo Ministério da Saúde (Foto: Carlos Moura/SCO/STF)

Iracy da Rocha Júnior

Muito lamentada – até pelo governador Wellington Dias – a morte do Iracy da Rocha Júnior, o Bacana, que serviu a muitos governadores no Palácio de Karnak.
Ontem, o conselheiro Luciano Nunes fez uma homenagem a ele, na sessão do TCE.

Um bom homem

Em rede social, Wellington Dias postou: “consigo imaginar a dor da família do Jr nesse momento e, por tal razão, me solidarizo com todos. A presença dele era iluminada, gentil e alegre”, concluiu.
A missa de 7º dia será celebrada hoje, às 17h30 na Igreja de São Sebastião, em Parnaíba.

Os jeitosos 1

Júlio Arcoverde e Jeová Alencar são políticos que se inscrevem naquela categoria de “jeitosos”.
Ontem, o presidente estadual do PP teve encontro com o presidente municipal do MDB de Teresina. 

A pauta

Julinho diz que presidentes de partido se encontram, mas sendo um presidente da Câmara Municipal e outro o mais próximo possível do pré-candidato a governador Ciro Nogueira, a pauta não foi certamente um encontro protocolar.

Os jeitosos 2

Mais jeitoso que Júlio e Jeová juntos é o presidente da Assembleia Legislativa, Themistocles Filho, uma espécie de guru do presidente da Câmara Municipal de Teresina e mantém uma relação de excelente vizinhança com Júlio Arcoverde.
Ou seja, em um encontro no qual ele não esteve, Themistocles pode, sim, ser um assunto.

Dono do pedaço

Themistocles Filho controla hoje os diretórios do MDB em Teresina e no Estado. Isso dá a ele poder na máquina partidária, fundamental na eleição de 2022, sobretudo para a escolha de deputados, já que as coligações estão proibidas.
Isso também deixa clara uma situação: no MDB quem tem poder de sim e de não é o presidente da Assembleia.

Despacho

O secretário Rafael Fonteles está cada vez mais político. Atende prefeitos numa sala próxima à do governador, nos escritórios que o governo aluga em frente ao condomínio de mansões em que mora Wellington Dias, na zona Leste de Teresina.
Rafael não diz, mas só falam em sua candidatura ao governo.

Morte

Dois assessores do senador Sérgio Petecão (PSD-AC), que trabalhavam em Rio Branco morreram de Covid-19.
O senador disse a jornalistas que não pode fazer nada pelos assessores, a quem chamou de irmãos.
Não havia uma UTI na qual eles pudessem se internados.

Secretário

Carlos José Ribeiro Silva foi nomeado em edição extra do Diário Oficial do Município de Teresina para o cargo de secretário de Defesa Civil. O secretário-executivo da pasta é José Ferreira de Sousa.
Não se descobriu ainda quem é o pai da criança.

Greve cancelada 

O Tribunal de Justiça do Piauí considerou ilegal e abusiva a greve dos enfermeiros e técnicos de enfermagem da rede pública municipal que estava marcada para ocorrer hoje em Teresina. 

Multa salgada 

O desembargador Hilo de Almeida Sousa determinou que os grevistas cumpram integralmente, sem qualquer restrição, o seu dever legal de exercer as atividades próprias dos cargos que ocupam, sob pena de multa diária no valor de R$ 40 mil. 
Os enfermeiros alegavam cortes de até 50% no adicional de insalubridade.

Palavra empenhada

Em contrapartida ao que falam os enfermeiros, o prefeito Dr. Pessoa afirma que não está devendo a nenhum profissional.
Quem está mentindo?

Enquanto isso...

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) convocou ontem 60 profissionais de saúde para reforçar o quadro no enfrentamento à covid-19 nas unidades de saúde.
Eles foram classificados no edital 1/2020 do Processo Seletivo Emergencial da instituição e irão atuar na linha de frente de hospitais do município.
Não seria melhor ajeitar os que já estão na labuta, arriscando a própria vida?

Aí tem!

Então, preferem contratar novatos mesmo arriscando não ter como pagá-los ao final do mês?
Pois, se não há dinheiro para honrar o compromisso com os funcionários existentes, de onde vai sair para pagar os do processo seletivo?

Outra greve

Agentes de portaria da Prefeitura Municipal de Teresina também declararam greve a partir de hoje devido cortes de quase 50% nos contracheques do mês de fevereiro, com valores variando entre R$ 600,00 e R$ 800,00, sem nenhuma justificativa.
No início da semana, os trabalhadores realizaram uma manifestação em frente ao Palácio da Cidade, mas não conseguiram um acordo.

Celso Carvalho               

Depois que escreveu o livro sobre o estádio Albertão, em Teresina, e também sobre o seu fundador, o engenheiro e governador Alberto Silva, Celso Carvalho mudou-se para Belo Horizonte (MG).
E já está de livro novo.

Novo livro

Celso Carvalho acaba de concluir o livro ‘histórias e fatos – Arena Independência, o colosso do horto’, sobre o estádio do América Futebol Clube.
Lá ele não só teve apoio da Associação Mineira de Cronista Esportivo como recebeu o aval do Marcus Vinícius Salum, presidente do América.

A ordem judicial

Os secretários de Saúde Florentino Neto, pelo Estado e Gilberto Albuquerque, pela Prefeitura de Teresina vão ter que se virar nos 30 imediatamente e cumprir a ordem do juiz Aderson Nogueira, da 1ª Vara da Fazenda Pública da capital.

A ordem judicial 2

O juiz determinou que o governo do Estado e a prefeitura de Teresina coloquem em funcionamento 335 leitos que foram desativados. A parte de Teresina seriam 83 leitos fechados de agosto para cá.
A decisão saiu ontem, no começo da tarde.

Ordem do STF

Pior para o governo do Estado é que o STF, através da ministra Rosa Weber, determinou que restabeleça 278 leitos que eram pagos pelo Governo Federal.
Ela diz que esses leitos foram desativados em janeiro e fevereiro deste ano.

A ordem judicial 3

Deve ser o suficiente para, neste momento de agravamento da crise, ampliar as UTIs na rede pública do Estado e de Teresina.
O juiz se baseou em números divulgados pela Secretaria estadual de Saúde de que a média móvel de mortes teve um crescimento de mais de 70 por cento no Piauí.

Ampliar os leitos

Para Aderson Nogeira, diante da grave situação imposta pela pandemia, não é hora de os gestores públicos diminuírem os leitos e sim de ampliá-los.
Está uma decisão que faz o cabra se virar nos 30, sim.

Sem dinheiro

Comerciantes desesperados foram reclamar pessoalmente no Palácio da Cidade, porque, além das restrições de horário de funcionamento, não conseguem emitir a nota fiscal de serviços, que é eletrônica, e exige um link através da Secretaria Municipal de Finanças da prefeitura de Teresina.

E sem a Nota Fiscal

O sistema está inoperante há três dias, mas pode voltar a funcionar a qualquer momento.
Será que foi obra de algum sabotador? Na TV, ontem, o chefe do setor muito pouco explicou.

Ping-Pong
A surra na quadra

Juratan Moura, aqui mais uma vez descrito como o melhor organizador de eventos do Piauí, por esta ser a expressão da verdade, tinha um time de vôlei quando jovem estudante em Simplício Mendes. Um dia foi com sua equipe para Campinas do Piauí, sua terra natal, para um jogo no qual a equipe adversária tinha dois irmãos seus. O pai chama Juratan e ordena que seu time perca a partida.

Juratan: “Perder? Nada disso. A gente vai jogar para ganhar”.
O pai: “Pois se não perder eu vou lhe dar uma sova”.
Juranan: “Pois muito bem, dê, porque prefiro apanhar em casa que apanhar na quadra jogando vôlei”.

Originalmente publicado em 13 de agosto de 2018.

Expressas

Segundo dados da Jucepi, no primeiro bimestre do ano, foram abertas 1.336 empresas (664 em janeiro e 672 em fevereiro de 2021) no portal Piauí Digital. 

Isso representa um crescimento de 48,12% com relação ao mesmo período do ano passado quando foram registradas 902 novas empresas (464 em janeiro e 438 em fevereiro de 2020).

O Piauí continua registrando alto número de casos e óbitos por covid-19. Nas últimas 24 horas, 958 pessoas testaram positivo e 23 morreram em decorrência do vírus. 

A pandemia da covid-19 apresentou fragilidade antes desconhecida do Brasil, no que diz respeito à alta dependência de insumos importados da China para a fabricação de vacinas, e o sucateamento de laboratórios e fábricas existentes para produzir imunizantes no país. Na década de 80, o Brasil tinha cinco institutos altamente capazes de produzir vacinas, mas, atualmente, há somente dois, Bio-Manguinhos, da Fiocruz, e o Instituto Butantan, de São Paulo. Entretanto, das 17 vacinas distribuídas por esses dois institutos, apenas quatro são fabricadas totalmente no Brasil e não dependem da importação da matéria-prima para produzir imunizantes. O hilário – para não dizer trágico – em tudo isso é que esse sucateamento do setor de vacinas para humanos contrasta com os elevados investimentos na fabricação nacional de imunizantes para animais, principalmente o gado. E veja o contraste: o Brasil importa a maioria das vacinas usadas pelo SUS, entretanto, mais de 90 por cento das vacinas para gado são produzidas aqui mesmo no país. Existem 30 fábricas para vacina veterinária, mercado que ajuda a manter a liderança mundial do Brasil na exportação de gado. Então, diante deste triste quadro, se levarmos em conta que o país precisará de 350 milhões de unidades para vacinar os adultos acima de 16 anos, a partir do final de 2022 toda esta conta precisará ser refeita, porque, como dizem os infectologistas, sendo vírus, a anualidade da imunização é algo com o que o brasileiro já se acostumou. Ocorre que, se não houver planejamento e ação imediata para as vacinas futuras, em pouco tempo pode haver recidivas terríveis da doença, e todo o drama do ano passado e o que se vive no momento, se voltam como tormenta dos anos seguintes.


Ministra Rosa Weber, do STF, determina que o Piauí reative os leitos de UTI que eram pagos pelo Ministério da Saúde (Foto: Carlos Moura/SCO/STF)

Iracy da Rocha Júnior

Muito lamentada – até pelo governador Wellington Dias – a morte do Iracy da Rocha Júnior, o Bacana, que serviu a muitos governadores no Palácio de Karnak.
Ontem, o conselheiro Luciano Nunes fez uma homenagem a ele, na sessão do TCE.

Um bom homem

Em rede social, Wellington Dias postou: “consigo imaginar a dor da família do Jr nesse momento e, por tal razão, me solidarizo com todos. A presença dele era iluminada, gentil e alegre”, concluiu.
A missa de 7º dia será celebrada hoje, às 17h30 na Igreja de São Sebastião, em Parnaíba.

Os jeitosos 1

Júlio Arcoverde e Jeová Alencar são políticos que se inscrevem naquela categoria de “jeitosos”.
Ontem, o presidente estadual do PP teve encontro com o presidente municipal do MDB de Teresina. 

A pauta

Julinho diz que presidentes de partido se encontram, mas sendo um presidente da Câmara Municipal e outro o mais próximo possível do pré-candidato a governador Ciro Nogueira, a pauta não foi certamente um encontro protocolar.

Os jeitosos 2

Mais jeitoso que Júlio e Jeová juntos é o presidente da Assembleia Legislativa, Themistocles Filho, uma espécie de guru do presidente da Câmara Municipal de Teresina e mantém uma relação de excelente vizinhança com Júlio Arcoverde.
Ou seja, em um encontro no qual ele não esteve, Themistocles pode, sim, ser um assunto.

Dono do pedaço

Themistocles Filho controla hoje os diretórios do MDB em Teresina e no Estado. Isso dá a ele poder na máquina partidária, fundamental na eleição de 2022, sobretudo para a escolha de deputados, já que as coligações estão proibidas.
Isso também deixa clara uma situação: no MDB quem tem poder de sim e de não é o presidente da Assembleia.

Despacho

O secretário Rafael Fonteles está cada vez mais político. Atende prefeitos numa sala próxima à do governador, nos escritórios que o governo aluga em frente ao condomínio de mansões em que mora Wellington Dias, na zona Leste de Teresina.
Rafael não diz, mas só falam em sua candidatura ao governo.

Morte

Dois assessores do senador Sérgio Petecão (PSD-AC), que trabalhavam em Rio Branco morreram de Covid-19.
O senador disse a jornalistas que não pode fazer nada pelos assessores, a quem chamou de irmãos.
Não havia uma UTI na qual eles pudessem se internados.

Secretário

Carlos José Ribeiro Silva foi nomeado em edição extra do Diário Oficial do Município de Teresina para o cargo de secretário de Defesa Civil. O secretário-executivo da pasta é José Ferreira de Sousa.
Não se descobriu ainda quem é o pai da criança.

Greve cancelada 

O Tribunal de Justiça do Piauí considerou ilegal e abusiva a greve dos enfermeiros e técnicos de enfermagem da rede pública municipal que estava marcada para ocorrer hoje em Teresina. 

Multa salgada 

O desembargador Hilo de Almeida Sousa determinou que os grevistas cumpram integralmente, sem qualquer restrição, o seu dever legal de exercer as atividades próprias dos cargos que ocupam, sob pena de multa diária no valor de R$ 40 mil. 
Os enfermeiros alegavam cortes de até 50% no adicional de insalubridade.

Palavra empenhada

Em contrapartida ao que falam os enfermeiros, o prefeito Dr. Pessoa afirma que não está devendo a nenhum profissional.
Quem está mentindo?

Enquanto isso...

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) convocou ontem 60 profissionais de saúde para reforçar o quadro no enfrentamento à covid-19 nas unidades de saúde.
Eles foram classificados no edital 1/2020 do Processo Seletivo Emergencial da instituição e irão atuar na linha de frente de hospitais do município.
Não seria melhor ajeitar os que já estão na labuta, arriscando a própria vida?

Aí tem!

Então, preferem contratar novatos mesmo arriscando não ter como pagá-los ao final do mês?
Pois, se não há dinheiro para honrar o compromisso com os funcionários existentes, de onde vai sair para pagar os do processo seletivo?

Outra greve

Agentes de portaria da Prefeitura Municipal de Teresina também declararam greve a partir de hoje devido cortes de quase 50% nos contracheques do mês de fevereiro, com valores variando entre R$ 600,00 e R$ 800,00, sem nenhuma justificativa.
No início da semana, os trabalhadores realizaram uma manifestação em frente ao Palácio da Cidade, mas não conseguiram um acordo.

Celso Carvalho               

Depois que escreveu o livro sobre o estádio Albertão, em Teresina, e também sobre o seu fundador, o engenheiro e governador Alberto Silva, Celso Carvalho mudou-se para Belo Horizonte (MG).
E já está de livro novo.

Novo livro

Celso Carvalho acaba de concluir o livro ‘histórias e fatos – Arena Independência, o colosso do horto’, sobre o estádio do América Futebol Clube.
Lá ele não só teve apoio da Associação Mineira de Cronista Esportivo como recebeu o aval do Marcus Vinícius Salum, presidente do América.

A ordem judicial

Os secretários de Saúde Florentino Neto, pelo Estado e Gilberto Albuquerque, pela Prefeitura de Teresina vão ter que se virar nos 30 imediatamente e cumprir a ordem do juiz Aderson Nogueira, da 1ª Vara da Fazenda Pública da capital.

A ordem judicial 2

O juiz determinou que o governo do Estado e a prefeitura de Teresina coloquem em funcionamento 335 leitos que foram desativados. A parte de Teresina seriam 83 leitos fechados de agosto para cá.
A decisão saiu ontem, no começo da tarde.

Ordem do STF

Pior para o governo do Estado é que o STF, através da ministra Rosa Weber, determinou que restabeleça 278 leitos que eram pagos pelo Governo Federal.
Ela diz que esses leitos foram desativados em janeiro e fevereiro deste ano.

A ordem judicial 3

Deve ser o suficiente para, neste momento de agravamento da crise, ampliar as UTIs na rede pública do Estado e de Teresina.
O juiz se baseou em números divulgados pela Secretaria estadual de Saúde de que a média móvel de mortes teve um crescimento de mais de 70 por cento no Piauí.

Ampliar os leitos

Para Aderson Nogeira, diante da grave situação imposta pela pandemia, não é hora de os gestores públicos diminuírem os leitos e sim de ampliá-los.
Está uma decisão que faz o cabra se virar nos 30, sim.

Sem dinheiro

Comerciantes desesperados foram reclamar pessoalmente no Palácio da Cidade, porque, além das restrições de horário de funcionamento, não conseguem emitir a nota fiscal de serviços, que é eletrônica, e exige um link através da Secretaria Municipal de Finanças da prefeitura de Teresina.

E sem a Nota Fiscal

O sistema está inoperante há três dias, mas pode voltar a funcionar a qualquer momento.
Será que foi obra de algum sabotador? Na TV, ontem, o chefe do setor muito pouco explicou.

Ping-Pong
A surra na quadra

Juratan Moura, aqui mais uma vez descrito como o melhor organizador de eventos do Piauí, por esta ser a expressão da verdade, tinha um time de vôlei quando jovem estudante em Simplício Mendes. Um dia foi com sua equipe para Campinas do Piauí, sua terra natal, para um jogo no qual a equipe adversária tinha dois irmãos seus. O pai chama Juratan e ordena que seu time perca a partida.

Juratan: “Perder? Nada disso. A gente vai jogar para ganhar”.
O pai: “Pois se não perder eu vou lhe dar uma sova”.
Juranan: “Pois muito bem, dê, porque prefiro apanhar em casa que apanhar na quadra jogando vôlei”.

Originalmente publicado em 13 de agosto de 2018.

Expressas

Segundo dados da Jucepi, no primeiro bimestre do ano, foram abertas 1.336 empresas (664 em janeiro e 672 em fevereiro de 2021) no portal Piauí Digital. 

Isso representa um crescimento de 48,12% com relação ao mesmo período do ano passado quando foram registradas 902 novas empresas (464 em janeiro e 438 em fevereiro de 2020).

O Piauí continua registrando alto número de casos e óbitos por covid-19. Nas últimas 24 horas, 958 pessoas testaram positivo e 23 morreram em decorrência do vírus. 

Ausência total de decoro Uns mais, outros menos