1. Colunas
  2. Arimatéia Azevedo
  3. Concessão do aeroporto
Publicidade

Concessão do aeroporto

Em vídeo postado ontem em mídias sociais, ao lado dos senadores Elmano Ferrer e Ciro Nogueira, ambos do PP do Piauí, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, anunciou que dia 7 de abril será feito o leilão para a concessão do aeroporto de Teresina ao setor privado. O ministro acredita que poderá haver mais investimento no equipamento aeroportuário da cidade de Teresina, que faz parte do chamado Bloco Central, juntamente com os aeroportos das cidades de Goiânia (GO), São Luís (MA), Palmas (TO), Petrolina (PE) e Imperatriz (MA). O lance mínimo inicial para as empresas ou consórcios de empresas interessadas nos aeroportos do Bloco Central é de R$ 8.146.055,39 – o menor entre os blocos em oferta. Esse valor deverá ser pago imediatamente após o leilão, acrescido do eventual ágio ofertado pela licitante, mas o valor do contrato contempla a receita estimada de toda a concessão, totalizando R$ 3,5 bilhões. Quem arrematar este lote de aeroportos deverá propor os investimentos necessários para melhoria das condições de operação aeroportuária, incluindo o conforto dos usuários. Não existem ainda informações sobre quais e os valores de investimentos que podem ser feitos nos aeroportos – e sequer é possível determinar se haverá interesse do setor privado em operar os aeroportos do Bloco Central, um deles, o de Teresina, deficitário já há muito tempo – mesmo antes da pandemia, quando o fluxo de passageiros ultrapassava a 1 milhão por ano. No cenário de depressão econômica em que nos encontramos, com as viagens de longa distância sendo muito mais incerteza que qualquer outra coisa, o jeito é torcer para que se possa enxergar, em horizonte de uma década, uma demanda de passageiros e cargas que possa despertar o interesse do setor privado pelos aeroportos de Teresina e desse pedaço de Brasil que a Agência Nacional de Aviação Civil juntou em algo que chamou de Bloco Central.

Senador Ciro Nogueira quer o MDB, mas com Marcelo Castro bem longe (Foto: Lucas Sousa / Portal AZ)

Olha, olha...

Ontem, um dia depois do encontro entre Júlio Arcoverde (PP) e Jeová Alencar (MDB), Ciro Nogueira disse que seu partido quer uma aliança com o MDB em 2022, inclusive com a possibilidade de haver um emedebista como cabeça de chapa na disputa pelo governo estadual.

O MDB do T

O encontro da véspera, porém, indica que Ciro quer um MDB sem o senador Marcelo Castro, que ele enxerga mais perto do governador Wellington Dias (PT) que do restante do partido, cujo comando é de Themistocles Filho, presidente da Assembleia Legislativa.

Vem, Firmino

O senador e presidente do Progressistas ainda não desistiu de levar para seu partido o ex-prefeito de Teresina, Firmino Filho.
O ex-prefeito anda quieto, não respondendo sequer às recorrentes provocações e acusações imputadas a ele pelo vice-prefeito de Teresina, Robert Rios.

Aliás

Robert distribui sua pancadaria verbal em igual escala e virulência contra o também senador Ciro Nogueira, que não responde e ainda age para tornar as palavras do vice-prefeito um tanto quanto inócuas, no estilo cão que ladra, não morde.

Como?

Ciro despachou o deputado estadual Júlio Arcoverde para uma conversa com o presidente da Câmara Municipal, Jeová Alencar, para prospectar os modos de caminhar para manter com o prefeito Dr. Pessoa uma relação administrativa que resulte no aporte de recursos federais para investimentos na cidade, viabilizados por ele, Ciro.

Viva Bello

Ontem, a Universidade Federal do Piauí lançou, com um atraso de décadas, o livro Da Ibiapaba ao Campus da Ininga:373 anos de pedagogia no Piauí, do jornalista Luiz Bello, falecido em 2005.
Coube ao humorista João Cláudio Moreno, um dos melhores amigos de Bello, falar pelo homenageado, lembrando sua paixão pelo Piauí e sua contribuição para o jornalismo e agora, para a história do Piauí.

Homenagem

Ontem também, em tenda armada em frente a Reitoria da UFPI, foram prestadas homenagens aos mais antigos servidores da instituição, com destaque para Socorro Cordeiro, que há 50 anos está dando aulas na instituição.

Reforço

O esforço de todos os partidos políticos no ano que vem vai se concentrar na chapa para deputado federal. Não é sem razão, com efeito, que o PP já cogita lançar Elmano Ferrer, sem chances de reeleição para o Senado, como um de seus nomes para a Câmara dos Deputados.

Órteses e próteses

A Fundação Municipal de Saúde firmou quatro contratos com empresas fornecedoras de órteses e próteses, a serem usadas no Hospital de Urgência de Teresina.
Os valores somados dos contratos chegam a R$ 23 milhões.

Em curso

As aquisições foram feitas neste ano, com os contratos assinados em 2 de março passado pelo presidente da Fundação Municipal de Saúde, Gilberto Albuquerque, mas a licitação para as compras vêm desde o ano passado.

Noronha

O ex-prefeito de Monsenhor Gil, José Medeiros de Noronha Pessoa foi nomeado diretor de Saneamento, Transporte e Infraestrutura, da Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Estado do Piauí – Agrespi.

Trindade

Na mesma canetada, Wellington Dias nomeou, para a mesma Agrespi, José William Trindade Carvalho, como diretor de Energia, Comunicação e Gás Canalizado.

Imagina aí

Ceasa Piauí foi escolhida como uma das melhores parcerias público-privadas do mundo pela ONU, anuncia o governo do Piauí.
Se assim é, imagine-se como serão as piores PPPs, né?

Estrada

Enquanto estradas no cerrado do Piauí estão se desmilinguindo com as chuvas, a Secretaria de Agronegócio assinou um contrato de R$ 2.910.627,72 com a empreiteira A. K. R. Prado para recuperação e regularização de estrada vicinal no município de João Costa.

Asfalto

A Secretaria do Agronegócio vai aplicar R$ 1.411.508,29 na pavimentação de ruas na cidade de Simplício Mendes.
A obra será executada pela Construtora Santa Inês.

Ping-Pong
Cargo irregular

Nos anos 80, o governador Hugo Napoleão (1983-1986), o vice-governador José Raimundo Medeiros e o presidente da Assembleia Legislativa Waldemar Macedo se ausentaram do Estado. Assume o governo o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Aloísio Ribeiro. Waldemar chega de viagem e vai reivindicar o cargo.

Waldemar: “Nobre desembargador, comigo no Estado, o senhor está irregular no cargo. Portanto, gostaria que o passasse para mim.”

Aloisio: “Agora tá danado, Waldemar, porque se estou irregular, não posso passar o cargo para você”.

Originalmente publicado em 3 de abril de 2012.

Expressas

O Instituto de Desenvolvimento do Piauí vai aplicar R$ 557.435,69 na obra de um estádio de futebol ou coisa que o valha na cidade de Boqueirão do Piauí.

Mais uma usina de geração de energia solar deve ser feita no Piauí. Agora, no município de João Costa, sudeste do estado.

Em São João do Piauí deverá ser instalado o Complexo Solar Fotovoltaico Sobral, com capacidade para gerar 60 mil megawatts de energia.

Em vídeo postado ontem em mídias sociais, ao lado dos senadores Elmano Ferrer e Ciro Nogueira, ambos do PP do Piauí, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, anunciou que dia 7 de abril será feito o leilão para a concessão do aeroporto de Teresina ao setor privado. O ministro acredita que poderá haver mais investimento no equipamento aeroportuário da cidade de Teresina, que faz parte do chamado Bloco Central, juntamente com os aeroportos das cidades de Goiânia (GO), São Luís (MA), Palmas (TO), Petrolina (PE) e Imperatriz (MA). O lance mínimo inicial para as empresas ou consórcios de empresas interessadas nos aeroportos do Bloco Central é de R$ 8.146.055,39 – o menor entre os blocos em oferta. Esse valor deverá ser pago imediatamente após o leilão, acrescido do eventual ágio ofertado pela licitante, mas o valor do contrato contempla a receita estimada de toda a concessão, totalizando R$ 3,5 bilhões. Quem arrematar este lote de aeroportos deverá propor os investimentos necessários para melhoria das condições de operação aeroportuária, incluindo o conforto dos usuários. Não existem ainda informações sobre quais e os valores de investimentos que podem ser feitos nos aeroportos – e sequer é possível determinar se haverá interesse do setor privado em operar os aeroportos do Bloco Central, um deles, o de Teresina, deficitário já há muito tempo – mesmo antes da pandemia, quando o fluxo de passageiros ultrapassava a 1 milhão por ano. No cenário de depressão econômica em que nos encontramos, com as viagens de longa distância sendo muito mais incerteza que qualquer outra coisa, o jeito é torcer para que se possa enxergar, em horizonte de uma década, uma demanda de passageiros e cargas que possa despertar o interesse do setor privado pelos aeroportos de Teresina e desse pedaço de Brasil que a Agência Nacional de Aviação Civil juntou em algo que chamou de Bloco Central.

Senador Ciro Nogueira quer o MDB, mas com Marcelo Castro bem longe (Foto: Lucas Sousa / Portal AZ)

Olha, olha...

Ontem, um dia depois do encontro entre Júlio Arcoverde (PP) e Jeová Alencar (MDB), Ciro Nogueira disse que seu partido quer uma aliança com o MDB em 2022, inclusive com a possibilidade de haver um emedebista como cabeça de chapa na disputa pelo governo estadual.

O MDB do T

O encontro da véspera, porém, indica que Ciro quer um MDB sem o senador Marcelo Castro, que ele enxerga mais perto do governador Wellington Dias (PT) que do restante do partido, cujo comando é de Themistocles Filho, presidente da Assembleia Legislativa.

Vem, Firmino

O senador e presidente do Progressistas ainda não desistiu de levar para seu partido o ex-prefeito de Teresina, Firmino Filho.
O ex-prefeito anda quieto, não respondendo sequer às recorrentes provocações e acusações imputadas a ele pelo vice-prefeito de Teresina, Robert Rios.

Aliás

Robert distribui sua pancadaria verbal em igual escala e virulência contra o também senador Ciro Nogueira, que não responde e ainda age para tornar as palavras do vice-prefeito um tanto quanto inócuas, no estilo cão que ladra, não morde.

Como?

Ciro despachou o deputado estadual Júlio Arcoverde para uma conversa com o presidente da Câmara Municipal, Jeová Alencar, para prospectar os modos de caminhar para manter com o prefeito Dr. Pessoa uma relação administrativa que resulte no aporte de recursos federais para investimentos na cidade, viabilizados por ele, Ciro.

Viva Bello

Ontem, a Universidade Federal do Piauí lançou, com um atraso de décadas, o livro Da Ibiapaba ao Campus da Ininga:373 anos de pedagogia no Piauí, do jornalista Luiz Bello, falecido em 2005.
Coube ao humorista João Cláudio Moreno, um dos melhores amigos de Bello, falar pelo homenageado, lembrando sua paixão pelo Piauí e sua contribuição para o jornalismo e agora, para a história do Piauí.

Homenagem

Ontem também, em tenda armada em frente a Reitoria da UFPI, foram prestadas homenagens aos mais antigos servidores da instituição, com destaque para Socorro Cordeiro, que há 50 anos está dando aulas na instituição.

Reforço

O esforço de todos os partidos políticos no ano que vem vai se concentrar na chapa para deputado federal. Não é sem razão, com efeito, que o PP já cogita lançar Elmano Ferrer, sem chances de reeleição para o Senado, como um de seus nomes para a Câmara dos Deputados.

Órteses e próteses

A Fundação Municipal de Saúde firmou quatro contratos com empresas fornecedoras de órteses e próteses, a serem usadas no Hospital de Urgência de Teresina.
Os valores somados dos contratos chegam a R$ 23 milhões.

Em curso

As aquisições foram feitas neste ano, com os contratos assinados em 2 de março passado pelo presidente da Fundação Municipal de Saúde, Gilberto Albuquerque, mas a licitação para as compras vêm desde o ano passado.

Noronha

O ex-prefeito de Monsenhor Gil, José Medeiros de Noronha Pessoa foi nomeado diretor de Saneamento, Transporte e Infraestrutura, da Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Estado do Piauí – Agrespi.

Trindade

Na mesma canetada, Wellington Dias nomeou, para a mesma Agrespi, José William Trindade Carvalho, como diretor de Energia, Comunicação e Gás Canalizado.

Imagina aí

Ceasa Piauí foi escolhida como uma das melhores parcerias público-privadas do mundo pela ONU, anuncia o governo do Piauí.
Se assim é, imagine-se como serão as piores PPPs, né?

Estrada

Enquanto estradas no cerrado do Piauí estão se desmilinguindo com as chuvas, a Secretaria de Agronegócio assinou um contrato de R$ 2.910.627,72 com a empreiteira A. K. R. Prado para recuperação e regularização de estrada vicinal no município de João Costa.

Asfalto

A Secretaria do Agronegócio vai aplicar R$ 1.411.508,29 na pavimentação de ruas na cidade de Simplício Mendes.
A obra será executada pela Construtora Santa Inês.

Ping-Pong
Cargo irregular

Nos anos 80, o governador Hugo Napoleão (1983-1986), o vice-governador José Raimundo Medeiros e o presidente da Assembleia Legislativa Waldemar Macedo se ausentaram do Estado. Assume o governo o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Aloísio Ribeiro. Waldemar chega de viagem e vai reivindicar o cargo.

Waldemar: “Nobre desembargador, comigo no Estado, o senhor está irregular no cargo. Portanto, gostaria que o passasse para mim.”

Aloisio: “Agora tá danado, Waldemar, porque se estou irregular, não posso passar o cargo para você”.

Originalmente publicado em 3 de abril de 2012.

Expressas

O Instituto de Desenvolvimento do Piauí vai aplicar R$ 557.435,69 na obra de um estádio de futebol ou coisa que o valha na cidade de Boqueirão do Piauí.

Mais uma usina de geração de energia solar deve ser feita no Piauí. Agora, no município de João Costa, sudeste do estado.

Em São João do Piauí deverá ser instalado o Complexo Solar Fotovoltaico Sobral, com capacidade para gerar 60 mil megawatts de energia.

Ausência total de decoro A vacina de 2023