1. Colunas
  2. Arimatéia Azevedo
  3. Apagão de eficiência na saúde
Publicidade

Apagão de eficiência na saúde

Teresina é a capital brasileira mais atrasada na vacinação anti-covid. Na sexta-feira, a cidade estava ainda vacinando pessoas com 33 anos de idade, enquanto em São Paulo, no final de semana, se promovia uma “virada” para vacinar todos os moradores com até 18 anos de idade. No Nordeste, São Luís já vacina menores de 12 anos; Caxias, a 70 km daqui, os de 12. Fortaleza já chegou a 21 anos, enquanto em Recife já estavam sendo vacinados no sábado pessoas com até 18 anos. Nenhuma explicação que venha a ser dada pela Prefeitura de Teresina poderá justificar tamanha distância entre as faixas etárias imunizadas nas demais capitais e o gigantesco atraso a que a capital do Piauí está submetida. Ainda assim, um comercial de TV da Prefeitura festeja números que só podem ser celebrados com muito exercícios musculares em uma cara de pau. Segundo o texto do anúncio, a prefeitura já aplicou mais de meio milhão de doses da vacina anti-covid. O número enche os olhos, mas seu mau uso enche a gente de vergonha, porque há um contorcionismo estatístico em favor de uma leitura favorável que não pode ser feita sem que se insulte a inteligência alheia. Vejamos: 500 mil doses chegam para 25 mil pessoas em uma população de 870 mil habitantes, ou seja, consideradas as aplicações de primeira, segunda e dose única (Jansen), temos 250 mil pessoas vacinadas, ou cerca de 28,7% dos moradores da cidade. Não é razoável que se celebre um êxito de uma vacinação se nem metade do público-alvo foi atingido. Temos um apagão de eficiência na saúde pública de Teresina – o que é preocupante não apenas sob o aspecto sanitário, mas também econômico. Nenhum setor de serviço nesta cidade tem tanta importância quanto um cluster de sucesso que a prestação de serviços de saúde. Portanto, as perdas pela ineficiência da gestão da saúde municipal não são somente um problema localizado nessa emergente questão da covid. Há um risco que esse surto de ineficácia se torne uma endemia (para usar um termo médico e epidemiológico), fragilizando um setor econômico essencial para a cidade. É de extrema ironia que tal situação se dê justamente no governo de um médico, Dr. Pessoa.

Momentos do prefeito Dr Pessoa na programação de inaugurações em Teresina (Foto: divulgação)

Liberou geral

Quem viu a grande aglomeração sábado na Homero Castelo Branco, com pessoas agarradas umas as outras e sem máscaras, numa espécie de prévia do corso carnavalesco, não sabe que nas praias do litoral até parece que nunca existiu a peste do vírus da Covid-19. 

Liberou geral 2

Praias lotadas, restaurantes com mesas coladas; frequentadores sem qualquer distanciamento e sem máscara. 
E, claro, a exploração generalizada onde uma cerveja era vendida a até 15,00 e seus bolinhos de bacalhau ao estratosférico preço de 108,00. 

Aglomerar pode ?

Luciano C Branco escreve a coluna para confirmar o abuso que ocorre em Teresina, em vários bares e similares, principalmente na zona leste. 
“Na Av. Jóquei Clube mesmo, tem um estabelecimento desses, à altura da Av. Homero Castelo Branco, que a partir de quinta-feira feira até o domingo "toca" um verdadeiro terror com bandas de música em alto som, prejudicando o sossego alheio, além de promover aglomerações e pessoas sem uso de máscara em ambiente fechado!”. 

Aglomerar pode? 2 

Segue Luciano: “Acredite! Está escancarado! Só não vê e ouve quem não quer, principalmente as autoridades públicas que fazem vista grossa para tamanho abuso!”

Aglomerar pode 3

Por fim o leitor indaga: “Então, sendo assim, pra quê a edição de Decretos, já que não são cumpridos? Parece que a pandemia por aqui já acabou! Absurdos inexplicáveis...”
Tudo isso porque governador e prefeito preocupam-se mais em aparecer na mídia, fingindo que estão fazendo. 

Afinal, quem multa? 

Quem vai multar Ciro Nogueira, Wellington Dias, Robert Rios e tantos e tantos que se encontravam aglomerados na festa de aniversário de Dr Pessoa, sem máscaras e, enfim, nada na cara? 
Ou os decretos só valem para o povo? 

Poder do cargo

Taí, para fazer comemoração o prefeito Dr Pessoa não precisa do povo. 
Basta apenas dar ordem de comparecimento aos que estão ocupando cargos comissionados. 
Porque sem ônibus para transportar o povo, a igreja estava lotada na missa de Ação de Graças pelo aniversário de Teresina. 
É o poder do cargo comissionado. 

Rally

O Rally dos sertões passou por São Raimundo Nonato, e segundo informantes, o trecho que mais gostaram para a trilha “off-road” foi o das estradas que ligam São Raimundo a Canto do Buriti e Canto do Buriti a São João do Piauí, reduto eleitoral do pré candidato a deputado federal Castro Neto, que por ironia do destino é também, diretor do DER.
São buracos tão largos e profundos que cabe o diretor dentro. 

Bloco de sujo 

Ainda na faculdade se aprende que no Direito permeia a língua culta. 
Já se vê que nessa campanha eleitoral na OAB o culto foi para o brejo. 
Basta ver que tentaram registrar uma chapa com o indecoroso título “rala bucho”. 
Que não caberia nem num bloco de sujo do carnaval.

Eólica

A companhia Wobben Windpower obteve licença prévia para o Complexo Eólico Sítio Novo, localizado no município de Pio IX, Piauí.
Trata-se de um colosso na geração de energia eólica, em área de 21 mil hectares, com investimentos previstos de R$ 9 bilhões.

Rio e trapiche

Enquanto Dr. Pessoa não consegue o dinheiro para executar a ideia pouco ortodoxa de transposição das águas do rio Parnaíba para o Poti, sob pretexto de uso para irrigação, a Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas Centro (Saad-Centro) planeja fazer um pier (trapiche) no rio Parnaíba.
Acaba não, mundão!

Só o básico

Servidor público que pensa em ter reajustes salariais acima da inflação em 2022 deve ir logo tirando o cavalinho da chuva. 
Se houver algum acréscimo aos salários, ele se dará com base no IPCA, índice do IBGE para medir a inflação, que anda bem galopante, aliás.
Eventual reajuste pelo IPCA está previsto na Lei de Diretrizes Orçamentárias, sancionada semana passada por Wellington Dias

Concursos

O governo do Piauí abriu a possibilidade de realização de concurso mediante condições da existência de cargos a preencher, prévia dotação orçamentária e recursos para atendimento integral da despesa, conforme proporcionalidade dos meses para o exercício fiscal e exigências da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Acólito

Embora o estado seja laico, ou seja, não tenha religião oficial, aqui e ali vão se consolidando iniciativas que promovem o catolicismo. 
Nichos com imagens católicas em repartições públicas, por exemplo, são cada vez mais comuns. E há iniciativas legais neste rumo, como a recente lei sancionada pelo governador Wellington Dias (PT) criando o Dia Estadual do Acólito.

Celebração

A lei, de iniciativa da deputada estadual Teresa Britto, do PV, estabelece a data de 15 de agosto (ontem, portanto), como o Dia Estadual do Acólito, que vem a ser pessoa, em geral adolescente, que ajuda nas celebrações religiosas da Igreja Católica.

Proteção à mulher

Na leva de leis sancionadas na semana passada, uma é de especial interesse para as mulheres, pois estabelece que bares, restaurantes e casas noturnas no Piauí terão que adotar medidas de auxílio à mulher que se sinta em situação de risco no estabelecimento. 
A lei é de autoria do deputado estadual Gessivaldo Isaías, do PRB.

Apropriação indébita 

Em altos, Ciro Nogueira anunciou a duplicação da BR-343. 
Ta roubando a obra do véim Elmano Ferrer. 

Obras do véim 

Elmano já anunciou a duplicação da BR 316, a partir da porcalhada que Wellington Dias e seus parceiros construtores tem feito na duplicação de apenas 9 KM. 
Só Deus sabe quanto milhões já enterraram. Não na obra, of course. 

Viaduto e balão 

Elmano também está anunciando a conclusão do viaduto do mercado do peixe e o rebaixamento do balão do Uruguai. 
Enfim, todas essas obras já foram decididas com o ministro da infraestrutura Tarcísio Freitas. 

O passarinho 

E agora Cirim, tal qual aquele passarinho, quer ocupar a casa do outro. 
Fica vermelha, cara sem-vergonha! 

Me jogue no fogo, mas…

Entrevistado por programa televisivo do Piauí, o senador Marcelo Castro afirma que é questão decidida a candidatura de Rafael Fonteles. Um forte recado ao deputado Lima que o ventilou para provável candidatura em 22.

Casa de ferreiro….

O diretor estadual do DER Castro Neto deveria se envergonhar da situação que se encontra a rodovia que liga Canto do Buriti a sua terra natal São Raimundo Nonato. A estrada está com condições intrafegáveis. 

Espeto de pau

Conhecida por ser “especialista em estradas” a turma do senador Marcelo não está fazendo o dever de casa, literalmente deixando a ver navios estradas de sua própria região, como a que liga Brejo do Piauí a São João, local de algumas fazendas do Senador. Mas não vamos exigir muito deles, só andam de avião particular. 

Elefante Branco 

Mal abriu e já fechou o Centro de Reabilitação de São João do Piauí. Inaugurado há dois meses e propagado como referência regional para a reabilitação pós-covid; não funcionou por muito tempo. Muita propaganda, mas na prática… 

Feriado judiciário 

Ontem, nada funcionou nos diversos setores do Tribunal de Justiça do Piauí. Do primeiro ao segundo grau. Tudo fechado, alagando-se o “feriado” do aniversário de Teresina. 
Assim como tudo no TJ fechou no dia 31 de março, nesse mesmo feriado que havia dito antecipado por conta da COVID-19.

Sem metas 

Mas o TJ-PI fechou também no Dia do Advogado, semana passada. 
Desse jeito vai ficar difícil para se alcançar as metas do CNJ, para um tribunal que amargou ano passado a denominação de o pior do país.   

Bombeiro de ocasião 

Depois de evento em que Bolsonaro e Mourao não se cumprimentaram, o ministro Ciro Nogueira foi ontem, ao gabinete de Mourão. Se apagou o incêndio ou não, Ciro deve ter pedido que a seu exemplo, como faz com Wellington Dias, no Piauí, Mourão compartilhe do mesmo ambiente de seus inimigos.

Ping-Pong
Sussurros

Candidato a governador, em 1982, Tancredo Neves chegou afônico para um comício na divisa de Minas com o Espírito Santo. Começa a falar, baixo, quase sussurrando.

A plateia: “Fala mais alto! Fala mais alto!”
Tancredo: “Melhor não, sussurrou Tancredo. Não quero que os capixabas escutem”.

Fonte: “Tancredo Vivo – Casos e Acaso”, de Ronaldo Costa Couto. Editora Record. Rio de Janeiro, 1995.

Expressas

Olha aí: Fartura do Piauí é o primeiro município a vacinar toda a população acima dos 18 aos. Que vergonha, Dr Pessoa.

A cidade de Fortaleza está projetando para até o fim desta semana a vacinação total - 100% - contra covid. Lá o prefeito não fica brincando de dar golpe de capoeira.

Wellington Dias e mais 13 governadores divulgaram nota em defesa dos ministros do STF. Eles manifestaram solidariedade aos ministros e suas famílias pelas “constantes ameaças e agressões”.

Teresina é a capital brasileira mais atrasada na vacinação anti-covid. Na sexta-feira, a cidade estava ainda vacinando pessoas com 33 anos de idade, enquanto em São Paulo, no final de semana, se promovia uma “virada” para vacinar todos os moradores com até 18 anos de idade. No Nordeste, São Luís já vacina menores de 12 anos; Caxias, a 70 km daqui, os de 12. Fortaleza já chegou a 21 anos, enquanto em Recife já estavam sendo vacinados no sábado pessoas com até 18 anos. Nenhuma explicação que venha a ser dada pela Prefeitura de Teresina poderá justificar tamanha distância entre as faixas etárias imunizadas nas demais capitais e o gigantesco atraso a que a capital do Piauí está submetida. Ainda assim, um comercial de TV da Prefeitura festeja números que só podem ser celebrados com muito exercícios musculares em uma cara de pau. Segundo o texto do anúncio, a prefeitura já aplicou mais de meio milhão de doses da vacina anti-covid. O número enche os olhos, mas seu mau uso enche a gente de vergonha, porque há um contorcionismo estatístico em favor de uma leitura favorável que não pode ser feita sem que se insulte a inteligência alheia. Vejamos: 500 mil doses chegam para 25 mil pessoas em uma população de 870 mil habitantes, ou seja, consideradas as aplicações de primeira, segunda e dose única (Jansen), temos 250 mil pessoas vacinadas, ou cerca de 28,7% dos moradores da cidade. Não é razoável que se celebre um êxito de uma vacinação se nem metade do público-alvo foi atingido. Temos um apagão de eficiência na saúde pública de Teresina – o que é preocupante não apenas sob o aspecto sanitário, mas também econômico. Nenhum setor de serviço nesta cidade tem tanta importância quanto um cluster de sucesso que a prestação de serviços de saúde. Portanto, as perdas pela ineficiência da gestão da saúde municipal não são somente um problema localizado nessa emergente questão da covid. Há um risco que esse surto de ineficácia se torne uma endemia (para usar um termo médico e epidemiológico), fragilizando um setor econômico essencial para a cidade. É de extrema ironia que tal situação se dê justamente no governo de um médico, Dr. Pessoa.

Momentos do prefeito Dr Pessoa na programação de inaugurações em Teresina (Foto: divulgação)

Liberou geral

Quem viu a grande aglomeração sábado na Homero Castelo Branco, com pessoas agarradas umas as outras e sem máscaras, numa espécie de prévia do corso carnavalesco, não sabe que nas praias do litoral até parece que nunca existiu a peste do vírus da Covid-19. 

Liberou geral 2

Praias lotadas, restaurantes com mesas coladas; frequentadores sem qualquer distanciamento e sem máscara. 
E, claro, a exploração generalizada onde uma cerveja era vendida a até 15,00 e seus bolinhos de bacalhau ao estratosférico preço de 108,00. 

Aglomerar pode ?

Luciano C Branco escreve a coluna para confirmar o abuso que ocorre em Teresina, em vários bares e similares, principalmente na zona leste. 
“Na Av. Jóquei Clube mesmo, tem um estabelecimento desses, à altura da Av. Homero Castelo Branco, que a partir de quinta-feira feira até o domingo "toca" um verdadeiro terror com bandas de música em alto som, prejudicando o sossego alheio, além de promover aglomerações e pessoas sem uso de máscara em ambiente fechado!”. 

Aglomerar pode? 2 

Segue Luciano: “Acredite! Está escancarado! Só não vê e ouve quem não quer, principalmente as autoridades públicas que fazem vista grossa para tamanho abuso!”

Aglomerar pode 3

Por fim o leitor indaga: “Então, sendo assim, pra quê a edição de Decretos, já que não são cumpridos? Parece que a pandemia por aqui já acabou! Absurdos inexplicáveis...”
Tudo isso porque governador e prefeito preocupam-se mais em aparecer na mídia, fingindo que estão fazendo. 

Afinal, quem multa? 

Quem vai multar Ciro Nogueira, Wellington Dias, Robert Rios e tantos e tantos que se encontravam aglomerados na festa de aniversário de Dr Pessoa, sem máscaras e, enfim, nada na cara? 
Ou os decretos só valem para o povo? 

Poder do cargo

Taí, para fazer comemoração o prefeito Dr Pessoa não precisa do povo. 
Basta apenas dar ordem de comparecimento aos que estão ocupando cargos comissionados. 
Porque sem ônibus para transportar o povo, a igreja estava lotada na missa de Ação de Graças pelo aniversário de Teresina. 
É o poder do cargo comissionado. 

Rally

O Rally dos sertões passou por São Raimundo Nonato, e segundo informantes, o trecho que mais gostaram para a trilha “off-road” foi o das estradas que ligam São Raimundo a Canto do Buriti e Canto do Buriti a São João do Piauí, reduto eleitoral do pré candidato a deputado federal Castro Neto, que por ironia do destino é também, diretor do DER.
São buracos tão largos e profundos que cabe o diretor dentro. 

Bloco de sujo 

Ainda na faculdade se aprende que no Direito permeia a língua culta. 
Já se vê que nessa campanha eleitoral na OAB o culto foi para o brejo. 
Basta ver que tentaram registrar uma chapa com o indecoroso título “rala bucho”. 
Que não caberia nem num bloco de sujo do carnaval.

Eólica

A companhia Wobben Windpower obteve licença prévia para o Complexo Eólico Sítio Novo, localizado no município de Pio IX, Piauí.
Trata-se de um colosso na geração de energia eólica, em área de 21 mil hectares, com investimentos previstos de R$ 9 bilhões.

Rio e trapiche

Enquanto Dr. Pessoa não consegue o dinheiro para executar a ideia pouco ortodoxa de transposição das águas do rio Parnaíba para o Poti, sob pretexto de uso para irrigação, a Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas Centro (Saad-Centro) planeja fazer um pier (trapiche) no rio Parnaíba.
Acaba não, mundão!

Só o básico

Servidor público que pensa em ter reajustes salariais acima da inflação em 2022 deve ir logo tirando o cavalinho da chuva. 
Se houver algum acréscimo aos salários, ele se dará com base no IPCA, índice do IBGE para medir a inflação, que anda bem galopante, aliás.
Eventual reajuste pelo IPCA está previsto na Lei de Diretrizes Orçamentárias, sancionada semana passada por Wellington Dias

Concursos

O governo do Piauí abriu a possibilidade de realização de concurso mediante condições da existência de cargos a preencher, prévia dotação orçamentária e recursos para atendimento integral da despesa, conforme proporcionalidade dos meses para o exercício fiscal e exigências da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Acólito

Embora o estado seja laico, ou seja, não tenha religião oficial, aqui e ali vão se consolidando iniciativas que promovem o catolicismo. 
Nichos com imagens católicas em repartições públicas, por exemplo, são cada vez mais comuns. E há iniciativas legais neste rumo, como a recente lei sancionada pelo governador Wellington Dias (PT) criando o Dia Estadual do Acólito.

Celebração

A lei, de iniciativa da deputada estadual Teresa Britto, do PV, estabelece a data de 15 de agosto (ontem, portanto), como o Dia Estadual do Acólito, que vem a ser pessoa, em geral adolescente, que ajuda nas celebrações religiosas da Igreja Católica.

Proteção à mulher

Na leva de leis sancionadas na semana passada, uma é de especial interesse para as mulheres, pois estabelece que bares, restaurantes e casas noturnas no Piauí terão que adotar medidas de auxílio à mulher que se sinta em situação de risco no estabelecimento. 
A lei é de autoria do deputado estadual Gessivaldo Isaías, do PRB.

Apropriação indébita 

Em altos, Ciro Nogueira anunciou a duplicação da BR-343. 
Ta roubando a obra do véim Elmano Ferrer. 

Obras do véim 

Elmano já anunciou a duplicação da BR 316, a partir da porcalhada que Wellington Dias e seus parceiros construtores tem feito na duplicação de apenas 9 KM. 
Só Deus sabe quanto milhões já enterraram. Não na obra, of course. 

Viaduto e balão 

Elmano também está anunciando a conclusão do viaduto do mercado do peixe e o rebaixamento do balão do Uruguai. 
Enfim, todas essas obras já foram decididas com o ministro da infraestrutura Tarcísio Freitas. 

O passarinho 

E agora Cirim, tal qual aquele passarinho, quer ocupar a casa do outro. 
Fica vermelha, cara sem-vergonha! 

Me jogue no fogo, mas…

Entrevistado por programa televisivo do Piauí, o senador Marcelo Castro afirma que é questão decidida a candidatura de Rafael Fonteles. Um forte recado ao deputado Lima que o ventilou para provável candidatura em 22.

Casa de ferreiro….

O diretor estadual do DER Castro Neto deveria se envergonhar da situação que se encontra a rodovia que liga Canto do Buriti a sua terra natal São Raimundo Nonato. A estrada está com condições intrafegáveis. 

Espeto de pau

Conhecida por ser “especialista em estradas” a turma do senador Marcelo não está fazendo o dever de casa, literalmente deixando a ver navios estradas de sua própria região, como a que liga Brejo do Piauí a São João, local de algumas fazendas do Senador. Mas não vamos exigir muito deles, só andam de avião particular. 

Elefante Branco 

Mal abriu e já fechou o Centro de Reabilitação de São João do Piauí. Inaugurado há dois meses e propagado como referência regional para a reabilitação pós-covid; não funcionou por muito tempo. Muita propaganda, mas na prática… 

Feriado judiciário 

Ontem, nada funcionou nos diversos setores do Tribunal de Justiça do Piauí. Do primeiro ao segundo grau. Tudo fechado, alagando-se o “feriado” do aniversário de Teresina. 
Assim como tudo no TJ fechou no dia 31 de março, nesse mesmo feriado que havia dito antecipado por conta da COVID-19.

Sem metas 

Mas o TJ-PI fechou também no Dia do Advogado, semana passada. 
Desse jeito vai ficar difícil para se alcançar as metas do CNJ, para um tribunal que amargou ano passado a denominação de o pior do país.   

Bombeiro de ocasião 

Depois de evento em que Bolsonaro e Mourao não se cumprimentaram, o ministro Ciro Nogueira foi ontem, ao gabinete de Mourão. Se apagou o incêndio ou não, Ciro deve ter pedido que a seu exemplo, como faz com Wellington Dias, no Piauí, Mourão compartilhe do mesmo ambiente de seus inimigos.

Ping-Pong
Sussurros

Candidato a governador, em 1982, Tancredo Neves chegou afônico para um comício na divisa de Minas com o Espírito Santo. Começa a falar, baixo, quase sussurrando.

A plateia: “Fala mais alto! Fala mais alto!”
Tancredo: “Melhor não, sussurrou Tancredo. Não quero que os capixabas escutem”.

Fonte: “Tancredo Vivo – Casos e Acaso”, de Ronaldo Costa Couto. Editora Record. Rio de Janeiro, 1995.

Expressas

Olha aí: Fartura do Piauí é o primeiro município a vacinar toda a população acima dos 18 aos. Que vergonha, Dr Pessoa.

A cidade de Fortaleza está projetando para até o fim desta semana a vacinação total - 100% - contra covid. Lá o prefeito não fica brincando de dar golpe de capoeira.

Wellington Dias e mais 13 governadores divulgaram nota em defesa dos ministros do STF. Eles manifestaram solidariedade aos ministros e suas famílias pelas “constantes ameaças e agressões”.

Arimatéia Azevedo, um amigo querido e especial! Agora, só na Corte Celestial